Cria pendrive USB inicializável no Linux a partir de uma imagem ou de um CD

Barbadinha! Nada de comandos complexos, ou de instalar aplicativos para essa função. Basta utilizar o programa “dd”, que provavelmente você já tem instalado. NÃO ME RESPONSABILIZO POR QUALQUER DANO QUE VOCÊ POSSA TER EM CONSEQUÊNCIA DO QUE FIZER SEGUINDO AS INSTRUÇÕES A SEGUIR, FAÇA POR SUA CONTA E ASSUMA TODO O RISCO.

A partir de uma ISO: Se você já tem a imagem ISO, basta utilizar o seguinte comando, no diretório em que estiver a ISO (preste ATENÇÃO nas explicações que dou logo após o comando. NÃO COPIE E COLE o comando sem ler as recomendações que vêm depois):

$ sudo dd if=arquivo.iso of=/dev/sdb

RECOMENDAÇÕES: No meu caso, “/dev/sdb” é o dispositivo do pendrive. Isso tem que ser feito com MUITO CUIDADO, uma vez que você vai utilizar seus poderes de superusuário, e poderá danificar tudo (isso mesmo, tudo lato sensu) se fizer algo errado. Veja o tópico “Como descobrir qual dispositivo é o pendrive“. O dispositivo deve estar DESMONTADO, portanto, desmonte primeiro o pendrive para executar esse comando).

A partir de um CD: O procedimento é o mesmo. Só que vamos primeiro CRIAR a imagem ISO a partir do CD. Para tanto, usamos o mesmo comando “dd”. Importante observar que ambos os dispositivos devem estar desmontados. Para descobrir o endereço do dispositivo (tanto do CD como do pendrive), utilize as explicações do tópico “Como descobrir qual dispositivo é o pendrive“, aplique por analogia para descobrir o endereço do dispositivo do CD. Ambos DEVEM ESTAR DESMONTADOS, você lidará apenas com os dispositivos. O comando será o seguinte:

$ dd if=/dev/sr0 of=escolha_um_nome_do_arquivo.iso

Simples, não? No caso “/dev/sr0” é o meu dispositivo do CD. Agora já criamos a imagem ISO. Que fazer? O mesmo que explico no tópico anterior, e gravamos a ISO no pendrive:

$ sudo dd if=arquivo_que_voce_gerou.iso of=/dev/sdb

No caso, “/dev/sdb” é o endereço do disposito usb, do pendrive.

Como descobrir qual dispositivo é o pendrive: O seu sistema possivelmente monte o pendrive logo que você o espete na USB, ou aparece uma janelinha perguntando se você deseja montar o dispositivo (“montar” é tornar o dispositivo disponível no sistema de arquivos, para que você consiga mexer nos arquivos). Já que você não sabe qual é o dispositivo, vamos montar o pendrive (abra o conteúdo do pendrive num gerenciador de arquivos – “para ver ‘as pastinha'”). Verifique qual é o endereço do pendrive (deve ser algo como “/media/JOAOZINHO” ou “/media/KINGSTON” ou “/media/F23ED765”, enfim…). Certo, uma vez feito isso, iremos procurar o arquivo “/etc/mtab” para ver qual é o dispositivo associado à esse endereço. Vá na linha de comando e digite:

$ cat /etc/mtab

O resultado disso será uma lista dos dispositivos montados. Você encontrará então uma linha que terá o endereço do seu pendrive montado. O primeiro item da  linha será o nome do dispositivo. Por exemplo, se a linha for isso:

/dev/sda1 /       /media/KINGSTON            etc, etc, etc

significa que “/dev/sda1” é o endereço do dispositivo. Aí é só desmontar o pendrive (ele PRECISA ESTAR DESMONTADO!) e executar os procedimentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: